Serviços Conectados

Rádio

Followers

Link-me

Postagens populares

Publicidade

Tecnologia do Blogger.
I made this widget at MyFlashFetish.com.

Morte Pela Boca

Postado por Psicologa Fernanda Nascimento quarta-feira, 11 de abril de 2012


A saúde começa pela boca

   A saúde do nosso organismo depende da saúde de nossa boca, pois tudo começa com a ingestão de alimentos, e depois com a mastigação correta dos alimentos, e o primordial, é a higiene após as refeições.Informar a quantidade de escovações por dia, é relativo, o importante é escovar os dentes a cada ingestão de alimentos, e principalmente a noite que a boca passa maior parte do tempo fechada e exposta a bactérias.
  Falar sobre o câncer bucal é falar de um assunto muito sério, que muitas pessoas ignoram, são inúmeras as doenças que podem causar câncer na boca, a própria falta de higiene é um fator contribuinte. Existem outras doenças como gengivites crônicas, tartaromas, que são os blocos gigantescos de tártaros. Podemos citar também as piorreias, que são graus avançados da gengivite, ocasionando a perda dentária.

  O que seria o câncer? São aumentos desordenados das células que invadem tecidos e órgãos.

  Fatores que podem desencadear o câncer de boca

  1. Falta de higiene bucal
  2. fator genético
  3. Tabagismo
  4. Imunidade baixa
  5. HIV
  6. DSTS
  7. Próteses inadequadas etc.
  Os cuidados com a boca dá-se a partir do ventre da mãe, pois são os hábitos de higiene e alimentares que irão influenciar no futuro da criança. Uma geração cárie zero poderá existir dependendo dos cuidados desde cedo, e evitará possíveis doenças que levará o adoecimento e desencadeamento do câncer de boca.

  Sinais da doença: Câncer Bucal

  1. Manchas esbranquiçadas na boca
  2. Sangramentos constantes
  3. Caroços na mucosa da boca
  4. Manchas escuras nos lábios e palatino
  5. Avermelhamento escuro acompanhado com secreções esbranquiçadas.

   Existe tratamento e cura se descoberto no início da doença, são vários os possíveis tratamento, quimioterápico, radioterapia e cirurgias dependendo do caso para remoção da doença. Lembrando que para o diagnóstico, é necessário biopsia para melhor resultado e a possibilidade de chances de cura e tratamento.


Vejamos mais sobre Câncer Bucal



Câncer de Boca



O câncer de boca é uma denominação que inclui os cânceres de lábio e de cavidade oral (mucosa bucal, gengivas, palato duro, língua oral e assoalho da boca). O câncer de lábio é mais freqüente em pessoas brancas, e registra maior ocorrência no lábio inferior em relação ao superior. O câncer em outras regiões da boca acomete principalmente tabagistas e os riscos aumentam quando o tabagista é também alcoólatra.
Confira a Estimativa de Incidência de Câncer no Brasil para 2008.

Fatores de Risco

Os fatores que podem levar ao câncer de boca são idade superior a 40 anos, vício de fumar cachimbos e cigarros, consumo de álcool, má higiene bucal e uso de próteses dentárias mal-ajustadas.


Sintomas
O principal sintoma deste tipo de câncer é o aparecimento de feridas na boca que não cicatrizam em uma semana. Outros sintomas são ulcerações superficiais, com menos de 2 cm de diâmetro, indolores (podendo sangrar ou não) e manchas esbranquiçadas ou avermelhadas nos lábios ou na mucosa bucal. Dificuldade para falar, mastigar e engolir, além de emagrecimento acentuado, dor e presença de linfadenomegalia cervical (caroço no pescoço) são sinais de câncer de boca em estágio avançado.


Prevenção e Diagnóstico Precoce

Pessoas com mais de 40 anos de idade, dentes fraturados, fumantes e portadores de próteses mal-ajustadas devem evitar o fumo e o álcool, promover a higiene bucal, ter os dentes tratados e fazer uma consulta odontológica de controle a cada ano. Outra recomendação é a manutenção de uma dieta saudável, rica em vegetais e frutas.

Para prevenir o câncer de lábio, deve-se evitar a exposição ao sol sem proteção (filtro solar e chapéu de aba longa). O combate ao tabagismo é igualmente importante na prevenção deste tipo de câncer.


Exame Clínico da Boca

O exame rotineiro da boca feito por um profissional de saúde pode diagnosticar lesões no início, antes de se transformarem em câncer. Pessoas com mais de 40 anos que fumam e bebem devem estar mais atentas e ter sua boca examinada por profissional de saúde (dentista ou médico) pelo menos uma vez ao ano.


Tratamento

A cirurgia e/ou a radioterapia são, isolada ou associadamente, os métodos terapêuticos aplicáveis ao câncer de boca. Para lesões iniciais, tanto a cirurgia quanto a radioterapia tem bons resultados e sua indicação vai depender da localização do tumor e das alterações funcionais provocadas pelo tratamento (cura em 80% dos casos). 

As lesões iniciais são aquelas restritas ao seu local de origem e que não apresentam disseminação para gânglios linfáticos do pescoço ou para órgãos à distância. Mesmo lesões iniciais da cavidade oral, principalmente aquelas localizadas na língua e/ou assoalho de boca, podem apresentar disseminação subclínica para os gânglios linfáticos cervicais em 10% a 20% dos casos. Portanto, nestes casos, pode ser indicado o tratamento cirúrgico ou radioterápico eletivo do pescoço. 

Nas demais lesões, se operáveis, a cirurgia está indicada, independentemente da radioterapia. Quando existe linfonodomegalia metastática (aumento dos 'gânglios'), é indicado o esvaziamento cervical do lado comprometido. Nestes casos, o prognóstico é afetado negativamente. 

A cirurgia radical do câncer de boca evoluiu com a incorporação de técnicas de reconstrução imediata, que permitiu largas ressecções e uma melhor recuperação do paciente. As deformidades, porém, ainda são grandes e o prognóstico dos casos, intermediário. A quimioterapia associada à radioterapia é empregada nos casos mais avançados, quando a cirurgia não é possível. O prognóstico, nestes casos, é extremamente grave, tendo em vista a impossibilidade de se controlar totalmente as lesões extensas, a despeito dos tratamentos aplicados.


0 comentários

Postar um comentário

Não só comente! Elabore uma grande critica ou opinião favorecedora!

Buscar

Translator

Hora

Psicologa

Psicologa
Sou Funcionária Pública Federal e Psicóloga Graduada na Faculdade CESMAC, especializada nas áreas Jurídica, Clínica e Escolar. Pós Graduada em Vigilância à Saúde, pela Universidade Federal de Alagoas- UFAL.
Psicologa online?
Estando verde, clique no ícone para contato com Fernanda!

Visualizações no Blog

Histórico

Observação

Para todos visitantes e membros quero logo avisar que as minhas opiniões estão em vermelho em todas as postagens!

Ops: E para terem uma melhor leitura das postagens cliquem no "Continue lendo" dessas postagens e todo conteúdo será esboçado!

Descubra o que se passa em:

http://www.bispomacedo.com.br

Agregador

LinkLog
Agradeço ao LinkLog pelo grande tráfego de visualizações que me tem concedido!
Ocorreu um erro neste gadget
Fique sempre atualizado!
Cadastre-se e receba nossas novidades em seu e-mail.
Widget by MundoBlogger Instale este widget
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...