Serviços Conectados

Rádio

Followers

Link-me

Postagens populares

Publicidade

Tecnologia do Blogger.
I made this widget at MyFlashFetish.com.

Quem foi Édipo?

Postado por Psicologa Fernanda Nascimento sábado, 17 de março de 2012

 


     Édipo é filho de Laios, rei de Tebas que foi amaldiçoado de forma que seu primeiro filho tornar-se-ia seu assassino e desposaria a própria mãe. Tentando escapar da ira dos deuses, Laios manda matar Édipo logo de seu nascimento. No entanto, a vontade do destino foi mais forte e Édipo sobreviveu, salvo por um pastor que entregou-o a Políbio, rei de Corinto. 
   A história se passa na cidade de Tebas, localizada na Grécia antiga, onde Édipo foi coroado rei. Ele foi considerado um herói pelo seu povo, por ter salvado a cidade de uma peste e por ter destruído um monstro que ameaçava toda a vida na cidade. Esse monstro se chamava Esfinge e devorava aqueles que não decifrassem o seu enigma: “decifra-me ou devoro-te!”
A esfinge perguntou: o que é o que é, que quando nasce tem quatro patas, quando cresce tem duas e quando envelhece tem três? O homem, disse Édipo!

     É aí que começa a história do espetáculo:
Pelo seu feito, Édipo recebeu como prêmio o trono de Tebas, pois o seu soberano Laio, havia saído da cidade em busca de socorro e nunca mais havia voltado: ele foi assassinado durante a viagem. Édipo recebeu também, a rainha Jocasta como esposa, como era a tradição, e com ela teve quatro filhos. A cidade passou a viver bem, com alegria e prosperidade.

    Passados os anos, a cidade é novamente arrasada pela peste.  Os governantes, que acreditavam nos deuses e os consultavam sobre os assuntos importantes, foram ao oráculo saber o que deveriam fazer para salvar a cidade. Eles ordenaram a Édipo que descobrisse o assassino de Laio.  Édipo, um bom rei, decide obedecer aos deuses e investigar este antigo assassinato. Porém, através desta investigação, ele descobre, com grande surpresa, o que o destino lhe reservou: Laio era seu pai e foi ele, sem saber, quem o assassinou. E descobriu ainda que Jocasta era sua própria mãe. Jocasta se mata e Édipo, para se punir, resolve furar os olhos, para nunca mais ver a vergonha que fez.

    Este é um dos mitos mais famosos da humanidade: a história do homem que, em busca de suas origens, descobriu que matou o pai e casou-se com a mãe, o que é a maior proibição da nossa cultura e da nossa ética.

   Mesmo tendo sido escrita no século V a.c, a peça é bastante atual: fala da importância de cada pessoa conhecer seu passado, para poder tomar decisões corretas durante a vida. Fala ainda da determinação do destino e da liberdade de escolha. A psicanálise utiliza o mito de Édipo para falar da formação da personalidade nas crianças: o chamado “complexo de Édipo” é a fase em que a criança quer se ver livre do pai para ficar com a mãe. Freud, o fundador da psicanálise, diz que todo ser humano tem esse desejo simbólico: matar o pai e casar-se com a mãe.

   Esta história é uma das mais montadas no teatro em todos os países do mundo e traduzida para todas as línguas. Isso mostra que este mito é mesmo muito importante para nós. Apesar de ser uma história tão antiga, o Grupo Teatro Andante procura contá-la de maneira bem moderna, com figurinos contemporâneos, música tocada ao vivo e fogos de artifício.

 

Complexo de Édipo


No final do século XIX e início do século XX, Freud surpreendeu a sociedade europeia ao divulgar suas ideias relacionadas à sexualidade infantil. Nelas, determinou que a sexualidade infantil pode ser conhecida através de três fases distintas que podem se manifestar nos primeiros meses de vida ou na fase dos 5 e 6 anos.
Primeiramente, ocorre a chamada fase oral, quando a criança focaliza seu desejo e prazer no seio materno e na ingestão dos alimentos. Posteriormente, ocorre a fase anal, quando o desejo e o prazer são focalizados nas fezes e excreções. Por último, ocorre a fase fálica, quando o desejo e o prazer são focalizados nos órgãos genitais.
Na fase fálica surge o complexo de Édipo, também chamado de complexo nuclear das neuroses. Nesse período, os meninos focalizam o seu desejo e prazer na mãe; e as meninas, no pai. É nessa fase também que a criança distingue a diferença dos sexos masculino e feminino e determina sua fixação pela pessoa mais próxima do sexo oposto.
A criança, ao desejar o pai ou a mãe, alimenta um conjunto de pulsões formadas pelo id. O superego, que é formado pela razão, pela moral, pelas regras e normas de conduta; busca censurar tais pulsões fazendo com que o id seja impedido de incentivar a satisfação plena da criança. O ego, por sua vez, que é a consciência humana, é incentivado pelos impulsos do id e limitado pelas imposições do superego, o que torna necessário buscar formas de satisfazer o id sem transgredir o superego.
O complexo de Édipo em meninos surge pelo desejo sexual pela mãe, a criança vê o pai como ameaça e deseja livrar-se dele, no entanto, busca identificar-se com ele. Em meninas, o complexo surge com o desejo de ganhar um bebê do pai e como não conseguem, se desiludem.
O complexo de Édipo é derrubado nos meninos pela ameaça da castração, em que pensa que perderá seu pênis. A menina acredita que a castração já ocorreu, já que não mais possui o membro, descartando assim a ameaça.










0 comentários

Postar um comentário

Não só comente! Elabore uma grande critica ou opinião favorecedora!

Buscar

Translator

Hora

Psicologa

Psicologa
Sou Funcionária Pública Federal e Psicóloga Graduada na Faculdade CESMAC, especializada nas áreas Jurídica, Clínica e Escolar. Pós Graduada em Vigilância à Saúde, pela Universidade Federal de Alagoas- UFAL.
Psicologa online?
Estando verde, clique no ícone para contato com Fernanda!

Visualizações no Blog

Histórico

Observação

Para todos visitantes e membros quero logo avisar que as minhas opiniões estão em vermelho em todas as postagens!

Ops: E para terem uma melhor leitura das postagens cliquem no "Continue lendo" dessas postagens e todo conteúdo será esboçado!

Descubra o que se passa em:

http://www.bispomacedo.com.br

Agregador

LinkLog
Agradeço ao LinkLog pelo grande tráfego de visualizações que me tem concedido!
Ocorreu um erro neste gadget
Fique sempre atualizado!
Cadastre-se e receba nossas novidades em seu e-mail.
Widget by MundoBlogger Instale este widget
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...